Mas talvez, você não entenda, essa coisa de fazer o mundo acreditar, que não será passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar. -- Nando Reis