Depois da saúde, o bem mais importante é a paz.

François de La Rochefoucauld

François de La Rochefoucauld

Profissão: Autor
Nacionalidade: Francês

Sugestões para você :

Os defeitos e falhas da mente são como feridas no corpo. Depois de todo o cuidado possível para curá-los, mesmo assim, uma cicatriz ficará.

As violências que nos fazem, ferem-nos por vezes menos, que as violências que fazemos a nós mesmos.

O nosso amor-próprio suporta com mais impaciência a condenação dos nossos gostos que a das nossas opiniões.

Um espírito recto terá menos dificuldade em submeter-se aos espíritos tortuosos, que em os conduzir.

Não há ninguém que não se envergonhe de ter amado outro, quando o amor já acabou entre eles.

Não há homem que tenha menos razão do que aquele que não tolera a ideia de não ter razão.

Não poderemos conservar por muito tempo os sentimentos que devemos a amigos e benfeitores, se nos permitirmos falar dos seus defeitos demasiadas vezes.

Só os grandes homens podem ter grandes defeitos.

É preciso possuir mais virtudes para manter a boa sorte do que para suportar a má sorte.

As jovens que não querem parecer 'coquettes' e os homens de idade avançada que não querem ser ridículos nunca devem falar do amor como algo de que possam fazer parte.

Quando praticar qualquer falta, procure remediá-la e não desculpá-la.

O orgulho é igual em todos nós e a única diferença reside no modo e nos meios que utilizamos para o pôr em prática.

Ao envelhecermos, tornamo-nos mais loucos e mais sagazes.

Louvar as belas acções é uma forma, como outra qualquer, de se atribuir o seu mérito.