Quanto mais vivo mais me convenço que o que era bom para os nossos pais não o é para nós.

Oscar Wilde

Oscar Wilde

Profissão: Dramaturgo
Nacionalidade: Irlandês

Sugestões para você :

O destino não manda sinais, ele é muito sábio ou muito cruel para fazer uma coisa dessas.

Se há uma coisa que destrua a personalidade, essa coisa é a fidelidade às promessas; talvez também o gosto pela verdade.

Há uma espécie de conforto na auto-condenação. Quando nos condenamos, pensamos que ninguém mais tem o direito de o fazer.

No fim, o desejo era como uma doença, uma loucura, ou ambas. Deixei de pensar nos outros, desfrutava o prazer onde quer que o encontrasse e seguia adiante. Esqueci que cada pequena ação cotidiana pode fazer ou desfazer um caráter e que tudo aquilo que fazemos no segredo da alcova, teremos que confessá-lo um dia, gritando do alto dos telhados.

As tragédias alheias são sempre de uma banalidade desesperante.

Prefiro os homens que têm um futuro e as mulheres que têm um passado.

Uma virtude é semelhante a uma cidade no alto de uma montanha - não se pode escondê-la. Podemos dissimular os vícios se o pretendermos - nem que seja só por momentos -, mas a virtude está exposta aos olhos de todos.

Neste mundo,pior que suportar que falem de si,é suportar que não digam nada.

Se há no mundo alguma coisa mais irritante do que sermos alguém de quem se fala, é ninguém falar de nós.

O público é muitíssimo tolerante. Ele perdoa tudo, menos o gênio.

A experiência não tem nenhum valor ético, é simplesmente o nome que damos aos nossos erros.

Escândalo é a fofoca tornada tediosa pela moralidade.

É perfeitamente monstruoso apercebermo-nos de que as pessoas dizem coisas nas nossas costas, coisas que são absoluta e completamente verdadeiras.

Estou convencido de que Deus fez um mundo diferente para cada homem, e de que é nesse mundo, que está dentro de nós mesmos, que devemos tentar viver.