A felicidade é uma rotina que se repete sempre diferente. Não fecha os olhos, não imagina o que um dia foi nem o que um dia será. Limita-se a sentir, no corpo, aquilo que nem a alma consegue digerir. Limita-se a sentir. A vida resume-se a sentir.

Pedro Chagas Freitas

Pedro Chagas Freitas

Profissão: Autor
Nacionalidade: Português

Sugestões para você :

Só há um tipo de pecado: o que nos mantém vivos. Quem vive sem pecar e morre sem pecar nunca na realidade viveu. Limitou-se a andar por cá. Quem nunca pecou não é santo; é defunto. Nasceu morto.

O amor compensa a cegueira com o excesso de audição.

Há dois tipos de pessoas: as que correm riscos; e as que estão mortas.

Quem não tem quem ama tende a encontrar as mais improváveis ocupações.

O que junta as pessoas é o que não se consegue ser: o que ficamos sempre aquém de ser.

A verdadeira fusão não é a de duas pessoas que se amam - é a de duas pessoas que se exploram.

Um dos maiores prazeres da vida é repetir e toda a gente só se concentra no que não se repete.

O que é estar vivo senão ainda ser capaz de trazer sensações aos outros?

Saber amar é também muito saber rir. Ainda estamos juntos porque ainda rimos juntos.

O amor é bem capaz de ser a melhor maneira de nos encontrarmos connosco. Preciso de ti para saber de mim.

Há, mesmo, inveja da boa. Inveja que faz andar, que faz mexer, que faz fazer. Inveja de quem faz o bom – e é só a inveja de quem faz o bom que cria o excelente. E é só a inveja de quem cria o excelente que cria a perfeição. Sem inveja, o mundo era metade do que é.

Só quando a poesia não lhe consegue chegar é que aconteceu amor, disse o poeta.

Ama-me como se fôssemos acabar: eis o pedido que te faço para sermos eternos.

A grandeza vê-se na maneira como não se gosta, no que se faz quando não se gosta, é tão mais fácil ferir, e não é por acaso, só um homem grande tem tudo para ferir e não fere, e é por isso que é grande.