É preciso saber perder-se quando queremos aprender algo das coisas que nós próprios não somos.

Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche

Profissão: Filósofo
Nacionalidade: Alemão

Sugestões para você :

A história só é tolerável para personalidades fortes, ela sufoca as personalidades fracas.

Alguns não conseguem se libertar dos seus próprios grilhões, mas conseguem libertar os amigos.

O artista escolhe os seus temas: é essa a sua maneira de louvar.

Preferiria antes ser um sátiro do que um santo.

O homem é uma corda estendida entre o animal e o Super-homem: uma corda sobre um abismo; perigosa travessia, perigoso caminhar; perigoso olhar para trás, perigoso tremer e parar. O que é de grande valor no homem é ele ser uma ponte e não um fim: o que se pode amar no homem é ele ser uma passagem e um ocaso.

Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.

Ser cristão é ter um certo gosto pela crueldade, contra si e os outros; o ódio contra formas diferentes de pensar; o desejo de perseguir.

Quando você olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.

A arte é estimulante da vontade de poder.

Aquele que abandonou a Deus prende-se em redobrada severidade à crença na moral.

Se é verdade que coisas há que nos são desconhecidas, verdade é também que o Homem nos é desconhecido. A que correspondem então «aprovação» e «reprovação»?

A moral é um erro útil, mais explícito do que muitos outros, por ter parecido aos maiores e mais livres promotores dela que uma mentira assim era mesmo necessária.

Ele não se sabe dominar; e eis esta mulher que daí conclui que será fácil dominá-lo e lança as suas redes para o apanhar; pobre mulher, em pouco tempo tornar-se-á sua escrava.

Muitas coisas, fique dito de uma vez por todas, quero «não» sabê-las. - A sabedoria impõe limites ao próprio conhecimento.