A verdade e a mentira são construções que decorrem da vida no rebanho e da linguagem que lhe corresponde. O homem do rebanho chama de verdade aquilo que o conserva no rebanho e chama de mentira aquilo que o ameaça ou exclui do rebanho. (...) Portanto, em primeiro lugar, a verdade é a verdade do rebanho.

Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche

Profissão: Filósofo
Nacionalidade: Alemão

Sugestões para você :

O que proporcionam os escabrosos caminhos que nos conduzem para trás? O essencial neles não é o retrocesso, mas o fato de que desejem caminhar sozinhos. Com pouco mais de vigor, coragem, sentido artístico, poderiam ir além, e não para trás.

Só o que se transforma continua meu amigo.

Pense bem no que fará amanhã pois é muito importante, estará trocando um dia de sua vida por isso.

Verdadeiro eu chamo àquele que entra nos desertos vazios de deuses... Nas areias amarelas, queimadas de sol, sedento, ele vê as ilhas cheias de fontes, onde as coisas vivas descansam debaixo das árvores. Não obstante, a sua sede não o convence a tornar-se como um destes, habitantes do conforto; pois onde há oásis aí também se encontram os ídolos.

Há dias em que se apodera de mim um sentimento mais negro que a mais negra melancolia – o desprezo dos homens.

As explicações místicas passam por profundas; a verdade é que nem sequer são superficiais.

Sucede que qualquer interpretação moral dos nossos actos poderá ser unicamente um imenso mal-entendido, tal como o tem sido a interpretação moral dos factos naturais.

A menor verdade, logo que ela pertença propriamente a alguém, torna feliz aquele que a descobriu.

As grandes épocas de nossa vida são aquelas em que temos a coragem de rebatizar nosso lado mau de nosso lado melhor.

O prazer é: a sensação do aumento de poder.

Uma coisa é o abandono,outra, a solidão.

O que possa ser pago não tem valor nenhum. Eis o credo que eu estampo na cara dos espíritos mercantis.

Fazem todos como as mulheres, esses grandes entusiastas, essas bestas curiosas, tomam os «bons sentimentos» por argumentos, o «peito inchado» pelo fole da forja da divindade, a convicção pelo critério da verdade.

Nada lhe pertence mais que seus sonhos.