A vida é uma sucessão contínua de oportunidades.

Gabriel García Márquez

Gabriel García Márquez

Profissão: Romancista
Nacionalidade: Colombiano


A vida é uma sucessão contínua de oportunidades. Gabriel García Márquez

Sugestões para você :

Na casa cessara toda a atividade. Sentamos no corredor, mas já não olhávamos a chuva como no primeiro dia. Já não a sentíamos cair. Já não víamos senão o contorno das árvores na névoa, em um entardecer triste e desolado, que deixava nos lábios o mesmo sabor com o qual a gente acorda depois de ter sonhado com uma pessoa desconhecida.

Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos.

Todo mundo tem três vidas: uma vida pública, vida privada, e uma vida secreta.

No dia em que iam matá-lo, Santiago Nasar levantou-se às cinco e meia da manhã.

Todos os seres humanos têm três vidas: a pública, a privada e a secreta.

O mais importante que aprendi a fazer depois dos quarenta anos foi a dizer não quando é não.

Quando uma mulher decide dormir com um homem, não há parede que ela não escale, nenhum fortaleza que não destrua, nenhuma consideração moral que não ignore até à sua raiz: não existe nenhum Deus que valha a preocupação.

Jeremiah de Saint-Amour amava a vida com uma paixão sem sentido, amava o mar e o amor, amava seu cachorro e ela, e à medida que a data se aproximava ia sucumbindo ao desespero, como se sua morte não tivesse sido uma decisão própria e sim um destino inexorável.

O problema da vida pública é aprender a dominar o terror, o problema da vida conjugai é aprender a dominar o tédio.

e quando houve em cada prato uma dose igual de ministro da Defesa com recheio de pinhões e ervas aromáticas ele deu a ordem de começar, bom proveito, meus senhores.

Não passes o tempo com alguém que não esteja disposto a passá-lo contigo.

Resignado, ouviu a gota, grossa, pesada, perfeita, que golpeava no outro mundo, no mundo equivocado e absurdo dos animais racionais.

Pode ser que você seja somente uma pessoa para o mundo, mas para uma pessoa você seja o mundo.

A censura não presta para nada, já se sabe. Mas o bom escritor deve convencer até os censores.