Muito melhor seria sentar ao ar livre, pois a poeira não se acumula sobre a grama, a não ser nos trechos em que os homens arrancou-a do solo.

Henry David Thoreau

Henry David Thoreau

Profissão: Autor
Nacionalidade: Americano

Sugestões para você :

Fui para o bosque porque queria viver deliberadamente, defrontar-me apenas com os fatos essenciais da vida, e ver se podia aprender o que tinha a me ensinar, em vez de descobrir à hora da morte que não tinha vivido.

A felicidade é igual a uma borboleta, quanto mais você corre atrás mais ela se afasta. Daí um dia você se distraí e ela pousa no seu ombro.

O que está para trás de nós e que está à nossa frente são questões pequenas em comparação com o que vive dentro de nós.

Se uma planta não consegue viver de acordo com sua natureza, ela morre, assim também um homem.

Eu fui à Floresta porque queria viver livre. Eu queria viver profundamente, e sugar a própria essência da vida... expurgar tudo o que não fosse vida; e não, ao morrer, descobrir que não havia vivido.

Se uma planta não pode viver de acordo com sua natureza, ela morre. O mesmo ocorre com um homem.

Ocupai-vos de dois ou três afazeres, e não de cem ou mil; contai meia dúzia em vez de um milhão...

São precisas duas pessoas para falar a verdade, uma para falar, e outra para ouvir.

Um povo, tanto quanto um indivíduo, deve fazer justiça, custe o que custar.

Velho é aquele que perdeu o entusiasmo.

É preferível cultivar o respeito do bem que o respeito pela lei.

Quanto à roupa, para chegar logo à parte prática da questão, talvez sejamos movidos, na hora de providenciá-la, mais pelo amor à novidade e pela preocupação com a opinião dos outros do que por uma verdadeira utilidade.

Os livros são o tesouro precioso do mundo e a digna herança das gerações e nações.

Com a sabedoria aprendemos a ser tolerantes.