É o espectador, e não a vida, que a arte, na verdade, espelha.

Oscar Wilde

Oscar Wilde

Profissão: Dramaturgo
Nacionalidade: Irlandês

Sugestões para você :

Se não se fala de uma coisa ela nunca aconteceu. É simplesmente a expressão que dá realidade às coisas.

O matrimônio é uma experiência, e cada experiência tem o seu preço.

A vaidade é uma das principais virtudes, e, no entanto, poucas pessoas admitem que a procuram e a tomam como objectivo. É na vaidade que muitos homens ou mulheres encontraram a salvação, mas, apesar disso, a maioria das pessoas arrasta-se a quatro patas em demanda da modéstia.

É com as pessoas mais próximas que somos mais intransigentes e, portanto, mais injustos.

O sofrimento é o nosso meio de vida porque é o único meio através do qual temos consciência de existir, a lembrança dos sofrimentos passados nos é necessária como um testemunho, uma prova de que continuamos a manter a nossa identidade.

Nada mais fatal para a personalidade do que a circunspecção.

O passado não tem a mínima importância. O presente não tem a mínima importância. É do futuro que nos devemos ocupar. Isto porque o passado é aquilo que os homens não deveriam ter sido. O presente é aquilo que os homens não deveriam ser. O futuro é aquilo que são os artistas.

Um sonhador é aquele que só consegue encontrar o seu caminho ao luar e que, por castigo, vê o alvorecer antes do resto do mundo.

A verdade não é complexa, nós é que somos.

Por detrás da alegria e do riso, pode haver uma natureza vulgar, dura e insensível. Mas, por detrás do sofrimento, há sempre sofrimento. Ao contrário do prazer, a dor não tem máscara.

Quando os deuses nos querem punir, respondem às nossas preces.

Nos assuntos muito sérios, o essencial é o estilo, não a sinceridade.

Algumas pessoas levam a felicidade aonde vão, outras levam quando não vão.

A natureza abomina o espírito.