Tentei não fazer nada na vida que envergonhasse a criança que fui.

José Saramago

José Saramago

Profissão: Autor
Nacionalidade: Português

Sugestões para você :

A única e autêntica liberdade do ser humano é a do espírito, de um espírito não contaminado por crenças irracionais e por superstições talvez poéticas em algum caso, mas que deformam a percepção da realidade e deveriam ofender a razão mais elementar...

O silêncio ainda é o melhor aplauso.

A felicidade é só uma invenção para tornar a vida mais suportável.

Os únicos interessados em mudar o mundo são os pessimistas, porque os otimistas estão encantados com o que há...

Há sempre um zarolho ou um esperto que nos governa.

Dentro ou fora de mim, todos os dias acontece algo que me surpreende, (...) desde a possibilidade do impossível a todos os sonhos e ilusões.

A felicidade é só estar em paz consigo mesmo, olharmos para nós e recordar que não fizemos muito mal aos outros.

Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma estrela, nem por isso fui dispensado de percorrer os caminhos do mundo.

De que adianta falar de motivos, às vezes basta um só, às vezes nem juntando todos.

A palavra mais necessária nos tempos em que vivemos é a palavra não. Não a muita coisa, não a uma quantidade de coisas que eu me dispenso de enumerar.

A grande sabedoria, penso eu, é ter um sentido relativizado de tudo. Não dramatizar nada.

Há esperanças que é loucura ter. Pois eu digo-te que se não fossem essas já eu teria desistido da vida.

Nós estamos a assistir ao que eu chamaria a morte do cidadão e, no seu lugar, o que temos e, cada vez mais, é o cliente. Agora já ninguém nos pergunta o que é que pensamos, agora perguntam-nos qual a marca do carro, de fato, de gravata que temos, quanto ganhamos.

Por um voto em branco, você está dizendo que você tem uma consciência política, mas você não concorda com qualquer um dos partidos existentes.