Hello! Passando apenas para dizer-lhe que a saudade já esta bem maior que eu gostaria. Espero que a viagem com a family, assim como o final de semana tenham lhe rendido ótimos momentos! Bjos.

Clarice Lispector

Clarice Lispector

Profissão: Autor
Nacionalidade: Brasileiro

Sugestões para você :

Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida.

Já que se há de escrever... que ao menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas.

A eternidade é o estado das coisas neste momento.

Não me prendo a nada que me defina. Serei o que você quiser, mas só quando EU quiser.

Toda a compreensão súbita é a revelação de uma aguda incompreensão.

Quero a vibração do alegre. Quero a isenção de Mozart. Mas quero também a inconseqüência. Liberdade? é meu último refúgio, forcei-me à liberdade e agüento-a não como um dom mas com heroísmo: sou heroicamente livre.

O que me interessa sobretudo é sentir, acumular desejos [...]. A realização me abre, me deixa vazia e saciada.

Sou cada pedaço infernal de mim.

Um domingo de tarde sozinha em casa dobrei-me em dois para a frente - como em dores de parto - e vi que a menina em mim estava morrendo. Nunca esquecerei esse domingo. Para cicatrizar levou dias. E eis-me aqui. Dura, silenciosa e heróica. Sem menina dentro de mim.

Eu não me aprovo porque mal consigo viver comigo mesmo. Faço quase o impossível para ter isenção. Isenção de mim.

O tédio é de uma felicidade primária demais! E é por isso que me é intolerável o paraíso.

Minha grande altivez: prefiro ser achada na rua. Do que neste fictício palácio onde não me acharão porque - porque mando dizer que não estou, ela acabou de sair.

Enquanto escrever e falar vou ter que fingir que alguém está segurando a minha mão.

Tanto em pintura como em música e literatura, tantas vezes o que chamam de abstrato me parece apenas o figurativo de uma realidade mais delicada e mais difícil, menos visível a olho nu.