Às vezes soluciono os problemas deixando que eles me devorem.

Franz Kafka

Franz Kafka

Profissão: Romancista
Nacionalidade: Austríaco

Sugestões para você :

A desproporção do mundo parece ser, de maneira consoladora, apenas numérica.

Em tempos de paz não se chega a parte nenhuma, em tempos de guerra sangra-se até à morte.

Não deixes que o mal te faça acreditar que conseguirias guardar segredos diante dele.

Muitas sombras dos que morreram ocupam-se apenas em lamber as ondas do rio dos mortos, porque ele corre a partir de nós e ainda tem o gosto salgado dos nossos mares. O rio então recua de nojo, flui em sentido contrário e atira os mortos de volta à vida. Estes, porém, estão felizes, cantam canções de graça e acariciam o fluxo indignado.

O trabalho chega ao seu termo tal como uma ferida ainda aberta se pode fechar.

A verdade é tudo aquilo que o homem precisa para viver, não pode ganhar nem comprar dos outros.

Tu és a lição de casa. Por todos os lados, nenhum aluno.

Toda a educação assenta nestes dois princípios: primeiro repelir o assalto fogoso das crianças ignorantes à verdade e depois iniciar as crianças humilhadas na mentira, de modo insensível e progressivo.

É possível que a razão e o desejo descubram primeiro aos meus olhos o perfil nú do futuro, e que eu de facto me mova passo a passo para este mesmo futuro apenas debaixo dos seus empurrões e dos seus golpes inexoráveis?

Não deixam de ter razão os movimentos espirituais revolucionários que questionam a relevância do anterior, já que, de fato, ainda não aconteceu nada.

Não se pode captar Deus a não ser pessoalmente. Cada homem tem sua vida e seu Deus. Seu advogado e seu juiz. Sacerdotes e ritos não passam de muletas paliativas de paralisia de uma alma cada vez mais incapaz de viver e experimentar.

A única coisa que temos de respeitar, porque ela nos une, é a língua.

O espírito só fica livre quando deixa de ser um suporte.

Crer-se no progresso não significa que já tenha tido lugar qualquer progresso.