Aquele que lê muito e anda muito, vê muito e sabe muito.

Miguel de Cervantes

Miguel de Cervantes

Profissão: Romancista
Nacionalidade: Espanhol

Sugestões para você :

A liberdade é um dos dons mais preciosos que o céu deu aos homens. Nada a iguala, nem os tesouros que a terra encerra no seu seio, nem os que o mar guarda nos seus abismos. Pela liberdade, tanto quanto pela honra, pode e deve aventurar-se a nossa vida.

São os humildes como a água encanada, que quanto mais desce, mais alto pode subir.

O medo é que faz que não vejas, nem ouças porque um dos efeitos do medo é turvar os sentidos, e fazer que pareçam as coisas outras do que são!

O molho dos contos é a propriedade da linguagem.

Os velhos murmuradores falam mais quanto mais velhos são, porque viram mais, e todos os prazeres dos outros sentidos se reuniram e albergaram na língua.

Quem não sabe governar a si próprio, como saberá governar os outros?

Segui o vosso caminho e não deis conselhos a quem não vo-lo pede.

A história é émula do tempo, repositório dos fatos, testemunha do passado, exemplo do presente, advertência do futuro.

Come pouco ao almoço e menos ainda ao jantar, que a saúde de todo o corpo constrói-se na oficina do estômago.

Os raios caem sobre os montes mais elevados, e onde encontram mais resistência é onde provocam o maior dano.

a razão da sem-razão que à minha razão se faz, de tal maneira a minha razão enfraquece, que com razão me queixo da vossa formosura; e também quando lia: os altos céus que de vossa divindade divinamente com as estrelas vos fortificam, e vos fazem merecedora do merecimento que merece a vossa grandeza.

Um homem só está seguro daquilo que possui.

Contra quem cala não há castigo nem resposta.

É dos sábios mudar de opinião.