O amor compensa a cegueira com o excesso de audição.

Pedro Chagas Freitas

Pedro Chagas Freitas

Profissão: Autor
Nacionalidade: Português


O amor compensa a cegueira com o excesso de audição. Pedro Chagas Freitas

Sugestões para você :

O que é a poesia senão a forma mais bela de procurar?

Amar, quando se ama, não passa de tudo o que é. Porque amar, quando se ama, não passa.

O tempo é, mais do que a vida, volátil, instável: inexistente, até. O valor do tempo é uma abstracção; a extensão do tempo é uma construção psicológica, pouco mais do que isso. Quando alguém se queixa de falta de tempo está, na verdade, a queixar-se de falta de si no tempo: de falta de tempo de vida por dentro da vida do tempo.

O grande segredo para estares vivo é, por mais evidente que pareça, só morreres quando fores sepultado.

O amor não é saudável, o amor não é razoável, o amor não é sensato. O amor é para ser aquilo que não tem razão, aquilo que não explicação, aquilo que te tira da tua mão.

Quem é amigo de toda a gente não é amigo de ninguém. A amizade é séria demais, é bela demais – para poder ser partilhada com muitas pessoas.

Só quem nunca deixa de ser completamente de si consegue ser completamente de outra pessoa.

A magnitude do que é emocionante não vale a ponta de um corno se não te emocionares comigo.

Respira o sabor de um beijo, o toque de um afago, o som de um arfar. Respira a mão de fogo de quem te ama, o suor em êxtase de quem te chama. E o abraço que não passa, e as palavras que te embraçam, e os olhares que te apertam. Respira – para saberes que vale a pena continuar.

Ter medo de errar é um erro. É sempre um erro. E é o único erro que não tem perdão. Sou maravilhado por quem erra. Por quem sabe que, por fazer, por tentar, pode errar. E são as melhores pessoas, convence-te disso, quem mais erra.

É ele, o conforto, o que mais mata os humanos. Querer estar sempre bem. Não óptimos, não eufóricos, simplesmente bem. E ter um medo louco de estar mal, de doer. É a fuga constante ao que dói que mais magoa os humanos, que mais os vai afastando da vida.

A coragem é o lado heróico do amor, e imbecil também.

É importante sonhar cansado, desgastar as oportunidades, dar-lhes dia-a-dia, rotina, consistência, uma lua que se possa tocar, é isso, é importante sonhar cansado, sonhar é amar por dentro.

Um dos maiores prazeres da vida é repetir e toda a gente só se concentra no que não se repete.