A estupidez consiste em querer concluir.

Gustave Flaubert

Gustave Flaubert

Profissão: Romancista
Nacionalidade: Francês

Sugestões para você :

As obras que não nos abalam o coração afastam-se, segundo me parece, da verdadeira finalidade da arte. É sempre muito agradavél, no meio das tantas desilusões da vida, podermos reportarmo-nos pelo espírito a nobres caracteres, a afeições puras, a quadros de ventura.

Alguns detalhes se desvaneceram, mas a saudade permaneceu.

Faz-se crítica quando não se pode fazer arte, como quem se torna delator quando não se pode ser soldado.

FRASE MARCANTE “Os momentos mais esplêndidos da vida não são os chamados dias de êxito, mas sim aqueles dias em que, saindo de desânimo e do desespero, sentimo-nos erguer-se dentro de nós um desafio: a vida e a promessa de futuras realizações”.

Talento é paciência sem fim.

O autor na sua obra, deve ser como Deus no universo, presente em toda a parte, mas não visível em nenhuma.

O sucesso deve ser uma conseqüencia, nunca um objetivo.

A mulher é um animal vulgar do qual o homem formou um ideal belo demais.

À medida que nos elevamos na escala dos seres, a capacidade nervosa aumenta, ou seja, a capacidade de sofrer. Sofrer e pensar seriam então a mesma coisa?

A medida de uma alma é a dimensão do seu desejo.

Já não odiava ninguém: uma confusão de crepúsculo empenava-lhe o pensamento e, de todos os ruídos da terra, não ouvia senão o intermitente lamento de seu pobre coração, meigo e indistinto, como o último eco de uma sinfonia longínqua.

O amor é um modo de viver e de sentir. É um ponto de vista um pouco mais elevado, um pouco mais largo; nele descobrimos o infinito e horizontes sem limites.

Nada é mais humilhante do que ver os tolos vencer naquilo em que fracassámos.

encontrava-se numa dessas crises em que a alma inteira mostra indistintamente o que encerra como o oceano que, nas tempestades, entreabre-se das algas das praia até a areia dos abismos.