O juízo moral tem em comum com o juízo religioso acreditar em realidades que não existem.

Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche

Profissão: Filósofo
Nacionalidade: Alemão

Sugestões para você :

A nobreza de alma reconhece-se, em parte, pelo modo orgulhoso e magnífico como ela ataca: sempre a direito.

Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.

Tornar-se duro, lentamente, lentamente, como uma pedra preciosa - e finalmente ficar assim tranquilamente, para a alegria da eternidade.

Nosso amor ao próximo - não é ele uma ânsia por nova propriedade? E igualmente o nosso amor ao saber, à verdade, e toda ânsia por novidades?

A incomparável arte de ler bem, essa condição necessária para a tradição da cultura.

Uma crença forte demonstra apenas a sua força, não a verdade daquilo que se acredita.

É preciso ser-se bom e mau. E quem for bom apenas por fraqueza, é sempre eminentemente mau.

As paisagens insignificantes existem para os grandes paisagistas; as paisagens raras e notáveis são para os pequenos.

A sensualidade ultrapassa muitas vezes o crescimento do amor, de forma que a raiz permanece fraca e arranca-se facilmente.

O que me entristece não é que tenhas mentido senão que já nunca mais poderei confiar em ti.

É mais difícil ferir a nossa vaidade justamente quando foi ferido o nosso orgulho.

Não gosto de pessoas que, para ter algum efeito, necesitam estourar como bombas, e junto às quais há sempre perigo de perdermos subitamente a audição - e mesmo alguma coisa a mais.

Quanto de verdade suporta, quanto de verdade ousa um espírito?

Os homens são egoístas medíocres, chegando os piores a atribuir mais importância ao hábito do que ao proveito.