E amanhã eu vou ter de novo um hoje. Há algo de dor e pungência em viver o hoje.

Clarice Lispector

Clarice Lispector

Profissão: Autor
Nacionalidade: Brasileiro

Sugestões para você :

Não sei estudar. E, para escrever, o único estudo é mesmo escrever.

Mesmo na liberdade, quando escolhia alegre novas veredas, reconhecia-as depois. Ser livre era seguir-se afinal, e eis de novo o caminho traçado.

Sou inquieta, áspera (...), embora amor dentro de mim eu tenha. (...) Sou vulnerável às menores bobagens, às mínimas palavras ditas, a olhares até, e sobretudo, a imaginações. Só não conto os fatos de minha vida: Sou secreta por natureza.

Se ela fosse mais inteligente poderia apagar o passado com palavras novas.

Eu antes era uma mulher que sabia distinguir as ciosas quando as via. Mas agora cometi o erro grave de pensar.

O futuro da tecnologia ameaça destruir tudo o que é humano no homem, mas a tecnologia não atinge a loucura: e nela então o humano do homem se refugia.

É quase impossível evitar o excesso de amor que um bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

Mas sentimentos são água de um instante. Em breve - como a mesma água já é outra quando o sol a deixa leve, e já outra quando se enerva tentando morder uma pedra, e outra ainda no pé que mergulha.

Leia o texto depois leia de baixo pra cima.

Sejamos o que queremos ser, porque possuímos apenas uma vida e nela só temos uma chance de fazer o que queremos.Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz...

O ponto de partida deve ser: “Não sei.” O que é uma entrega total.

O mundo se me olha. Tudo olha para tudo, tudo vive o outro; neste deserto as coisas sabem as coisas. As coisas sabem tanto as coisas que a isto... a isto chamarei de perdão, se eu quiser me salvar no plano humano. É o perdão em si. Perdão é um atributo da matéria viva.

Meu Deus, como o amor impede a morte!

O autor que tenha medo da popularidade, senão será derrotado pelo triunfo. Tem uma hora em que se deve tirar retrato de si mesmo. A fome é sempre igual à primeira fome. A carência se renova inteira e vazia.