Acabamos sempre por desprezar os que são com demasiada facilidade da nossa opinião.

Não há amigos, apenas há momentos de amizade.

O objetivo é sermos felizes. Só lá chegamos lentamente. Isso exige um trabalho quotidiano.

Não despertes o desgosto adormecido!

Há pessoas que facilmente retiram o que disseram, como se retira uma espada do ventre do seu adversário.

O medo do tédio é a única desculpa para o trabalho.

Preguiça, o hábito que se contraiu de descansar antes da fadiga.

Hoje, não se sabe falar porque já não se sabe ouvir.

Quando os outros me cansam é porque estou cansado de mim mesmo.

O ofício das letras é, ainda assim, o único em que se pode não ganhar nada sem se cair no ridículo.

Dando apenas ouvidos à sua coragem que nada lhe dizia, ele absteve-se de intervir.

Há lugar ao sol para todos, sobretudo quando todos querem ficar à sombra.

A prudência não passa de uma qualidade: não devemos transformá-la em virtude.

Um amigo assemelha-se a um fato. É preciso largá-lo antes que esteja usado, senão é ele que nos larga.

Estamos neste mundo para rir. Já não poderemos fazer isso no purgatório e no inferno. E no paraíso isso não seria conveniente.

A vida não é comprida nem é curta: ela tem uma duração própria.

Sono do justo! O justo não deveria conseguir dormir.

Para se ter uma conversação brilhante em sociedade não é necessário dizer muitas coisas inteligentes: Basta saber muitas coisas inúteis.

Diga a verdade de vez em quando para que acreditem em você quando mentir.

Quantas pessoas que se quiseram suicidar se contentaram em rasgar a própria fotografia!

A morte é doce: livra-nos do pensamento da morte.

Um homem de carácter não tem bom carácter.

A melhor saúde é não sentirmos a nossa saúde.

A preguiça nada mais é do que o hábito de descansar antes de estar cansado.

As palavras são como uma abóbada sobre o pensamento subterrâneo.

Os ausentes fazem sempre mal em voltar.

A modéstia fica bem nos grandes homens. O que é difícil é não ser nada e, ainda assim, ser modesto.

O homem livre é aquele que não receia ir até ao fim da sua razão.

É cómodo, um enterro: pode-se ter um ar aborrecido com as pessoas e elas tomam-no por tristeza.

A ironia é sobretudo uma brincadeira do espírito. O humor seria antes uma brincadeira do coração, uma brincadeira de sensibilidade.

Quando um homem diz: «Sou feliz», quer simplesmente dizer: «Tenho problemas que não me atingem».

A liberdade tem limites que a justiça lhes impõe.

Sonha grandes coisas e isso te permitirá fazer ao menos as mais próximas.

Escrever é uma maneira de falar sem ser interrompido.

Sê modesto! É o género de orgulho que menos desagrada.

A vida é curta, mas o tédio prolonga-a. Nenhuma vida é curta o suficiente para que o tédio nela não encontre o seu espaço.

O homem de espírito não é feliz senão quando a historieta que disse conseguiu fazer rir até a própria criada.

O amor mata a inteligência. O cérebro faz de ampulheta com o coração. Um só se enche para esvaziar o outro.

O talento não é escrevermos um pensamento, é escrevermos trezentos.

Há lugar ao sol para toda a gente, sobretudo quando toda a gente quer ficar à sombra.

Amizade é o casamento de duas pessoas que não podem dormir juntas.

'Se pensássemos em todas as sortes que tivemos sem as merecer, não teríamos coragem de nos lamentar.'

Nunca estar satisfeito: toda a arte está nisso.

As águas verdes da memória, onde tudo cai. E é necessário remexer. Algumas coisas tornam a subir à superfície.

Certamente há tempos bons e tempos maus, mas o nosso humor muda mais frequentemente do que o nosso destino.

De nada serve morrer: é preciso morrer na devida altura.

Consideremos a mulher um belo animal sem pelo e cuja pele é muito procurada.

A mulher está sempre a falar da sua idade sem nunca a revelar.

Se se construísse a casa da felicidade, a maior divisão seria a sala de espera.