Tudo acaba por ser interessante se o contemplarmos durante tempo suficiente.

À medida que nos elevamos na escala dos seres, a capacidade nervosa aumenta, ou seja, a capacidade de sofrer. Sofrer e pensar seriam então a mesma coisa?

Talvez a morte tenha mais segredos para nos revelar que a vida.

A arte é, de todas as mentiras, a que engana menos.

Cheguei à firme convicção de que a vaidade é a base de tudo, e de que finalmente o que chamamos de consciência é apenas a vaidade interior.

A mulher é um animal vulgar do qual o homem formou um ideal belo demais.

Seja firme e bem ordenado em sua vida para que possa ser feroz e original em seu trabalho.

Quando se muda de país, nem sempre o pudor vai atrás.

O futuro tortura-nos e o passado encandeia-nos. É por aí que se nos escapa o presente.

Seja regular e ordenado em sua vida, para que você pode ser violento e original em seu trabalho.

Não leia, como fazem as crianças, para divertir-se, ou como os ambiciosos, com a finalidade de instrução. Não, leia a fim de viver.

Cuidado com a tristeza. Ela é um vício.

Talento é paciência sem fim.

Aos incapazes de gratidão nunca faltam pretextos para não a ter.

Já não odiava ninguém: uma confusão de crepúsculo empenava-lhe o pensamento e, de todos os ruídos da terra, não ouvia senão o intermitente lamento de seu pobre coração, meigo e indistinto, como o último eco de uma sinfonia longínqua.

Quantas loucuras há num homem! Oh! não há a menor dúvida de que os matizes de um trajo de arlequim não são mais variados do que as loucuras do espírito humano, e ambos chegam ao mesmo resultado: ficarem coçados e fazerem rir durante algum tempo, o público em troca do seu dinheiro, o filósofo em troca da sua ciência.

A fraternidade é uma das mais belas invenções da hipocrisia social.

Entretanto, as chamas abrandaram-se, seja porque a provisão se esgotasse, seja porque a acumulação fosse muita. Extinguiu-se o amor, pouco a pouco, pela ausência; à saudade sucedeu o hábito; e aquele clarão de incêndio que lhe ruborizava o céu desmaiado se descobriu de mais sombra e desapareceu gradativamente.

A verdadeira força é o expoente da destreza.

As recordações não povoam a nossa solidão, como se costuma dizer; antes pelo contrário, tornam-na mais profunda.

Não há verdade, só há percepção.

Eu estou a morrer, mas aquela puta da Madame Bovary viverá para sempre.

Pensando continuamente (...), ia-se esquecendo dela e desesperava-se vendo como a imagem se lhe apagava da memória, apesar dos esforços que fazia para a reter.

O estilo está sob as palavras como dentro delas. É igualmente a alma e a carne de uma obra.

A vida deve ser uma constante educação.

Por que nos conhecemos? Por que o acaso o quis? Foi porque através da distância, sem dúvida, como dois rios que correm a unir-se, nossas inclinações particulares nos impeliram um para o outro.

Não escolhemos o assunto (...) o segredo das obras-primas está aí, na concordância do assunto e do temperamento do amor.

Ele andava à roda no seu desejo como o preso no cárcere.

Que grande necrópole é o nosso coração humano!

O amor é como a ópera: aborrece-nos, mas volta-se lá.

Para ter talento, é preciso estar convencido de que se possui.

O coração é uma riqueza que não se vende nem se compra. Presenteia-se.

Tenha cuidado com a tristeza. É um vício.

Um povo de ateus não poderia subsistir.

Uma pessoa tem de ser muito ordenada e burguesa na vida privada para poder ser louca e inventiva na vida criativa.

A moral da arte reside na sua própria beleza.

A mulher é uma criatura normal sobre a qual fizeste uma bonita imaginação.

O autor na sua obra, deve ser como Deus no universo, presente em toda a parte, mas não visível em nenhuma.

De todas as mentiras, a arte é ainda a menos falsa.

Não desculpo de modo algum aos homens de acção que não vençam, uma vez que o êxito é a única medida do seu mérito.

Exuberância é melhor do que gosto.

FRASE MARCANTE “Os momentos mais esplêndidos da vida não são os chamados dias de êxito, mas sim aqueles dias em que, saindo de desânimo e do desespero, sentimo-nos erguer-se dentro de nós um desafio: a vida e a promessa de futuras realizações”.

Apesar de tudo, o trabalho ainda é o melhor meio de fazer a vida passar.

A palavra é um laminador que alonga sempre os sentimentos.

A igualdade é a escravatura. É por isso que amo a arte. Aí, pelo menos, tudo é liberdade neste mundo de ficções.

Viajar nos torna mais modestos. Você vê como é pequeno o lugar que ocupa no mundo.

encontrava-se numa dessas crises em que a alma inteira mostra indistintamente o que encerra como o oceano que, nas tempestades, entreabre-se das algas das praia até a areia dos abismos.

A estupidez não está de um lado e o espírito do outro. É como o vício e a virtude; sagaz é quem os distingue.

Era um dêsses sentimentos puros que não embaraçam a marcha da vida, que se conservam porque são raros, cuja perda ocasionaria dor maior que o regojizo da posse.